Recadastramento do cartão do SUS está sendo realizado em Barreiras

 

Seguindo uma recomendação do Ministério Público do Estado da Bahia, buscando facilitar e dar qualidade no atendimento à população barreirense, a Prefeitura de Barreiras através da Secretaria Municipal de Saúde está realizando desde setembro, o recadastramento do Cartão SUS – Sistema Único de Saúde (SUS) de todos os munícipes.

O município de Barreiras é referência regional de saúde no interior da Bahia, ofertando serviços na área a mais de 35 municípios por meio de Pactuação Intermunicipal com realização de procedimentos médicos.

Dessa forma, analisando dados da Secretaria Municipal de Saúde, o Ministério Público considerou que as informações apresentavam disparidades no quantitativo de cartões do SUS, indicando assim, uma desproporção entre a quantidade de cartões do SUS e o número de habitantes no município de Barreiras.

A importância dos dados disponíveis no Sistema do Cartão SUS e também a relevância desses dados na ação estratégica para a formulação de políticas públicas de saúde também foram levadas em consideração.

De acordo com o secretário Anderson Vian, além da Central Integrada de Regulação (CIR) localizada na Avenida José Bonifácio, a população deve procurar as diversas unidades de saúde nos bairros para deixar a documentação solicitada, que posteriormente será recolhida pela equipe volante da Secretaria de Saúde para processar o recadastramento.

“Foi constatado desde 2017, a existência de mais de 44 mil cartões do SUS cadastrados acima do número de habitantes do município, assim, levando em consideração a recomendação do Ministério Público da Bahia, planejamos esse recadastramento do cartão SUS dentro do prazo estipulado.

É um trabalho criterioso e que demanda tempo, mas que irá somar na oferta com qualidade dos serviços à população.

Os agentes comunitários de saúde dentro da rotina de visitas domiciliares também contribuirão nesse recadastramento, constatando a moradia dos munícipes e em seguida direcionando às unidades para a conclusão dos procedimentos de atualização”, destacou Anderson Vian.

Fonte: Mais Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *