Secretário do MEC diz que professor universitário poderá ser “muito rico” com novo programa

 

Durante o lançamento do programa Future-se, nesta quarta-feira, 17, o secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC), Arnaldo Barbosa de Lima Júnior, afirmou que “o professor universitário poderá ser muito rico. Vai ser a melhor profissão do Brasil”. As informações são do site Valor Econômico.

Os recursos do programa serão destinados à ampliação da participação de verbas privadas no orçamento universitário. Segundo Barbosa de Lima, o empreendedorismo será o ponto principal do projeto, oferecendo recompensas para as principais inovações a partir da consolidação de startups.

No Future-se, os professores poderão entrar como sócios ou coautores desses projetos e, a partir disso, incrementar a renda. Segundo o secretário, eles também irão receber prêmios em dinheiro por publicação de artigos científicos em revistas. Para Barbosa de Lima, o professor atualmente não tem viés empreendedor e não conseguiria um bom salário no mercado privado.

O secretário explicou que o Governo espera que o aluno desenvolva suas startups dentro da universidade. “O jovem vai ser libertado da perspectiva de ter de arrumar um emprego ou prestar concurso público, pois serão empreendedores e donos dos próprios destinos. A educação brasileira pode ser um produto tipo exportação. Queremos premiar a cultura do esforço”, disse.

Barbosa Lima afirmou que iria “viajar o mundo” em busca de recursos para modernizar parques tecnológicos ou para geração de patentes.

Future-se

O fundo será composto principalmente pelo patrimônio da União, como terrenos que foram, segundo Barbosa, cedidos pelo Ministério da Economia para esse fim. Por isso, os recursos serão integralizado com fundos de investimento imobiliário.

Esse fundo contará, inicialmente, com R$ 102,6 bilhões. A intenção é que esse esses recursos financiem pesquisa, inovação, empreendedorismo e internacionalização das instituições de ensino.

 

Fonte: O Povo Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *